Ainda tão nova e já começa a dar despesas…

Acabou de fazer 2 anos e já começa a dar despesa. Acreditem que é verdade. Felizmente estas coisas já têm solução. =) Para meu sossego ainda existe algum bom senso nas instituições, e a pessoa tem sempre a possibilidade de ligar para a Vodafone e perguntar o que é que se passa com a factura…

Ela vai sem fralda, senhores. E agora?

Não é fácil. De todo. Mas é fazível. Perfeitamente. Afinal de contas nenhum de nós vai para a faculdade a fazer xixi nas cuecas. Certo? Por isso, força! Coragem. Determinação. Preserverança e… boa sorte!

Quando a paciência (quase) se esgota. O que fazemos?

Culpado. Assumo-o sem quaisquer rodeios ou eufemismos para mascarar a minha incapacidade. Há dias assim. Em que a paciência se vai. Esvanece-se. Some-se. Para onde é que não consigo bem perceber. Mas vai-se e esvai-se. Perde-se algures pelo meio do caminho vertiginoso que compõe o crescimento saudável de uma criança. E depois fica a culpa. Mas…

Quando eles vêm mordidos para casa. O que há a fazer?

(Este texto foi escrito a quatro mãos) Pois é. Está a acontecer. Aliás. Para que tenham uma ideia, em mais ou menos 2 meses aconteceu quatro vezes, ou seja, em mais ou menos dois meses a Leonor trouxe 4 dentadas bem marcadinhas para casa. Sim. É terrível. É doloroso. Parece que nos morderam a nós….