O papá anda preocupado!

Se anda. Confesso que começo a sentir-me apreensivo de cada vez que saio de casa para ir trabalhar e tenho de deixar a Ana aqui, sozinha, a braços com a hercúlea tarefa de se amanhar com aquela “barrigona” de tamanho verdadeiramente incrível. Não é nada fácil, digo-vos já. E não é fácil por motivos tão…